Cerimônia de comemoração do armistício de 11 de novembro

O Consulado-Geral da França no Rio de Janeiro presta homenagem à data que marca o fim da I Guerra Mundial

O Cônsul-Geral Adjunto da França, Etienne Cardilès, participou das comemorações pelo armistício do dia 11 de novembro de 1918, ao lado do Cônsul-Geral da Alemanha, Klaus Zillikens, em companhia de autoridades da Marinha Brasileira, de representantes da Associação dos Antigos Combatentes do Rio de Janeiro e de membros da Missão de Cooperação de Segurança e Defesa da Embaixada da França.

Pela manhã, autoridades brasileiras e francesas se reuniram no Cemitério São João Batista, em Botafogo, onde depositaram uma coroa de flores no Mausoléu dos Antigos Combatentes.

Em seguida, os membros da delegação participaram de uma homenagem organizada pelo chefe do serviço consular, Emmanuel Esteves, no Consulado-Geral da França no Rio de Janeiro.

Os alunos da escola francesa Lycée Molière, acompanhados do diretor Stephane Le Tortorec, entoaram os hino francês e brasileiro e leram em voz alta três cartas escritas por soldados, durante a I Guerra Mundial, bem como os nomes dos combatentes que deram a vida pela França.

Após os hinos, os presentes observaram um minuto de silêncio. Em seguida, uma coroa de flores foi depositada diante do monumento aos soldados mortos, no saguão da chancelaria consular.

Após a cerimônia, a Associação Francesa de Antigos Combatentes do Rio de Janeiro celebrou seus 100 anos, com a presença do decano Sr. Wainer Capelli, que completava 99 anos no dia seguinte.

À tarde, outra cerimônia foi realizada no 1° Distrito Naval da Marinha Brasileira e uma coroa de flores foi depositada sobre o monumento aos mortos da I Guerra mundial, localizado na Praça Mauá, na presença das autoridades brasileiras e francesas.

JPEG
JPEG
JPEG
JPEG
JPEG

publié le 21/11/2019

haut de la page