Condecoração do jornalista do Correio Braziliense Silvio Queiroz, por ocasião do Dia Internacional da Liberdade de Imprensa.

Por ocasião do Dia Internacional da Liberdade de Imprensa dia 3 de maio, a França reafirma seu engajamento permanente em prol da liberdade de imprensa e da liberdade de expressão em todo o mundo.
No dia anterior, o embaixador da França no Brasil Laurent Bili condecorou com a Ordem Nacional do Mérito o jornalista Silvio Queiroz, do Correio Braziliense.

Veja abaixo a declaração do porta-voz do Ministério francês das Relações Exteriores por ocasião do Dia Internacional da Liberdade de Imprensa:

Por ocasião do Dia Internacional da Liberdade de Imprensa, a França reafirma seu engajamento permanente em prol da liberdade de imprensa e da liberdade de expressão em todo o mundo.

O pluralismo das mídias, o direito de informar ou de ser informado e a capacidade de expressar pontos de vista críticos são essenciais ao debate democrático. Os jornalistas e todos os profissioais de comunicação desempenham um papel essencial : o exercício de seu ofício permite a defesa dessa liberdade fundamental.

A França está comprometida, no âmbito das Nações Unidas, com o respeito a essa liberdade, com a proteção dos jornalistas e com a luta contra a impunidade daqueles que a ferem. Ela apela para a total implementação da resolução 2222, adotada em 27 de maio de 2015, pelo Conselho de Segurança, sobre a proteção de jornalistas nos conflitos armados. Nesse sentido, nossa representação permanente em Nova Iorque copresidirá hoje um evento sobre o tema das mulheres jornalistas nos conflitos armados.

Veja aqui o discurso do Embaixador da França no Brasil, Laurent Bili, pronunciado durante a cerimônia de condecoração do jornalista Silvio Queiro com a medalha da Ordem Nacional do Mérito, dia 2 de maio.

JPEG
JPEG

publié le 04/05/2017

haut de la page