Declaração dos Chefes de Estado e de Governo do G7 - Biarritz, 26 de agosto de 2019

Os dirigentes do G7 gostariam de destacar a grande unidade e o espírito positivo de seus debates. O G7, realizado em Biarritz pela França, gerou com sucesso entendimentos entre os chefes de Estado e de governo sobre vários assuntos, os quais expõe logo abaixo de forma sintética:

COMÉRCIO
O G7 preza por um comércio global aberto e justo e pela estabilidade da economia mundial. O G7 solicita aos ministros das Finanças que acompanhem de perto a situação econômica mundial.

Nesse intuito, o G7 considera que mudanças profundas devem ser realizadas na OMC a fim de que seja mais eficaz em termos de proteção da propriedade intelectual, resolva disputas com maior rapidez e erradique as práticas comerciais desleais.

O G7 se compromete a alcançar em 2020 um acordo para simplificar as barreiras regulatórias e modernizar a tributação internacional no âmbito da OCDE.

IRÃ
Partilhamos plenamente dois objetivos: assegurar que o Irã nunca adquira armas nucleares; e favorecer a paz e a estabilidade na região.

UCRÂNIA
A França e a Alemanha organizarão uma cúpula no formato Normandia nas próximas semanas a fim de obter resultados concretos.

LÍBIA
Apoiamos a instauração de uma trégua na Líbia que possa levar a um cessar-fogo duradouro.
Consideramos que apenas uma solução política permitirá garantir a estabilidade na Líbia.
Defendemos a realização de uma conferência internacional bem planejada, que reúna todas as partes interessadas e os atores regionais implicados nesse conflito.

Apoiamos nesse sentido o trabalho das Nações Unidas e da União Africana para criar uma conferência inter-líbia.

HONG KONG
O G7 reafirma a existência e a importância da declaração sino-britânica de 1984 sobre Hong Kong e faz um apelo para que a violência seja evitada.

publié le 27/08/2019

haut de la page