Delegação de empresas francesas aposta na recuperação da economia brasileira

Cerca de 60 empresários franceses em visita oficial ao Brasil, neste mês de dezembro participaram do Fórum Econômico França-Brasil, dia 5, em Brasília, realizado entre a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e o Mouvement des entreprises de France (Medef). O programa da missão incluiu ainda encontros entre os mais importantes agentes públicos e privados dos dois países também nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Niterói com o objetivo de fortalecer as parceirias econômicas entre os dois países.

O presidente do Conselho dos Empresários França-Brasil do MEDEF e chefe da delegação, Alexis Duval, destacou que essa forte mobilização mostra o interesse das empresas francesas pelo Brasil e o quanto elas acreditam no potencial econômico do País. “Há uma mensagem de otimismo com a economia e com a capacidade de exportar de algumas indústrias, principalmente no agronegócio”, acrescentou.

“A indústria francesa no Brasil é antes de tudo brasileira”, ressaltou o embaixador da França no Brasil, Michel Mireillet. A França é o 4° investidor no País, principal parceiro francês na América Latina com quase 900 empresas francesas em seu território.

Pelo lado brasileiro, o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da Républica, Moreira Franco, disse no Fórum Econômico que “é fundamental que os brasileiros possam ter um ritmo de presença do capital francês no Brasil, a intimidade com as novas tecnologias, inovação e, sobretudo, a liderança que a França representa na Europa”.

Representando setores como transporte e infraestrutura, saúde, energia, agroalimentar, aeronáutica, bancos/finanças, novas tecnologias, cidade sustentável, etc. a delegação francesa passou em revista os projetos das empresas francesas no Brasil, a estratégia de retorno do crescimento econômico brasileiro e os programas públicos de investimento. O tema do financiamento foi outro ponto alto da agenda de trabalho. Os empresários mantiveram encontros com os diferentes financiadores presentes no País, especialmente da Proparco, braço da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), dedicada ao desenvolvimento do setor privado.

A missão foi ainda a oportunidade de os empresários se reunirem com as autoridades como o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, os prefeitos de São Paulo, João Doria e de Niterói, Rodrigo Neves, além dos presidentes de instituições como BNDES, CNI, Fiesp e FIRJAN.

O Medef Internacional representa o Medef no exterior e suas 750 mil empresas em todo o mundo. Trata-se da maior rede de empresários franceses, atuando como um intermediário entre atores privados franceses, atores públicos e privados no exterior, na organização de ações para desenvolver o ambiente de negócios, especialmente nos países emergentes e em desenvolvimento. Ele faz a ponte entre as empresas francesas com parceiros potenciais e facilita a realização de projetos.

PNG
PNG
PNG

publié le 15/12/2017

haut de la page