Descubra o processo criativo de Yoann Bourgeois. Encontro com Jean-Yves Phuong e Sarah Silverblatt-Buser

PNGEm parceria com o Festival de Teatro de Curitiba.

Informações práticas

Número de encontros: 4 oficinas de 1h de duração
Plataforma: Zoom
Datas: 20, 21, 27 e 28 de julho de 2020
Idioma: As oficinas serão ministradas em francês (com tradução simultânea para o português).
Perfil solicitado para participar dos encontros: Coreógrafo(a), bailarino(a) profissional ou semiprofissional.
Número de vagas: 15 participantes

Apresentação das oficinas

Datas e horários: 20 e 21 de julho de 2020, das 10h às 11h
Moderador: Jean-Yves Phuong, bailarino do Centro coreográfico nacional de Tours
Datas e horários: 27 e 28 de julho de 2020, das 10h às 11h
Moderadora: Sarah Silverblatt-Buser, bailarina do Centro coreográfico nacional de Tours

Objetivo: O universo singular de Yoann Bourgeois mescla circo e coreografia. Jean-Yves Phuong e Sarah Silverblatt-Buser, ambos bailarinos da peça Celui qui tombe, apresentarão o processo criativo deste coreógrafo francês, trazendo conteúdo teórico e prático.
A oficina aqui proposta é uma variação da "oficina do jogador" imaginada por Yoann Bourgeois, e que serve de base para o seu trabalho artístico. A noção de jogo está no centro de sua pesquisa. As quatro sessões deste workshop girarão, portanto, em torno do jogo de vertigem (conceito definido pelo sociólogo Roger Caillois) e da busca por essa sensação física.
Esta oficina começará com uma exploração individual e os guiará, depois, para uma experiência coletiva em torno da sensação de vertigem. Vocês serão então levados a observar novas perspectivas do ambiente que os cerca, através de seus olhares, que carregam a marca da vertigem.

Modalidades de inscrição

Documentos a apresentar (em português):

- Obrigatório – CV comprovando o histórico de sua prática.
- Opcional – Os moderadores deram sua permissão para que suas oficinas sejam filmadas e fotografadas. Se você aceita ser gravado (a), favor enviar-nos, no momento de sua inscrição, a autorização de uso de imagem assinada.
Instruções: Favor enviar sua candidatura para o endereço encontros.artisticos@gmail.com indicando no assunto: « YOANN BOURGEOIS + seu nome completo ». As candidaturas devem ser enviadas antes do dia 8 de julho de 2020, às 20h. Os dossiers enviados após essa data não serão considerados no processo de seleção.
Resultados: Os resultados das seleções serão comunicados via e-mail no dia 15 de julho de 2020.

Biografias dos moderadores

Jean-Yves Phuong é bailarino e intérprete das companhias Yoann Bourgeois (CCN2), Cie lamento e CAD plateforme.
Sua pesquisa foca o gesto, o corpo em movimento e sua mecânica, assim como as interações desse corpo com o que o cerca, imaginando, mudando e sempre questionando os ambientes em que ele evolui.
É cofundador do coletivo Nokt, dedicado à criação de obras participativas ou imersivas, procurando questionar o interlocutor ou o espectador e colocá-lo em pé de igualdade com o artista. Ele tenta encontrar a parte da criatividade em cada um de nós, e se alimenta dela para criar.

Sarah Silverblatt-Buser é dançarina e intérprete.
Ela cresceu na cidade de Corrales, Novo México (EUA), onde praticou acrobacia em cavalos. Como bailarina, treinou primeiro no Alonzo King LINES Ballet em São Francisco, no Boston Ballet graças a uma bolsa de mérito e depois no Danza Contemporánea de Cuba em Havana. Depois, Sarah foi contratada como solista para o New Mexico Ballet Company antes de partir para Nova York. Lá ela estudou na Barnard College of Columbia University, onde recebeu seu Bacharelado em Arte na sociologia e Dança. Em Nova York, ela dançou em várias peças, incluindo as de George Balanchine, Merce Cunningham, Jacqulyn Buglisi, Richard Isaac, Claudia Schreier e Larry Keigwin. Sarah também trabalhou como gestora artística no Lincoln Center for the Performing Arts e na Brooklyn Academy of Music. Em particular, tornou-se assistente de Damian Woetzel em vários projetos (Spaces de Wynton Marsalis com Lil Buck e Jared Grimes, apresentado no Jazz at Lincoln Center; Kennedy Center Honors; Aspen Institute Arts Program; Vail Dance Festival).
Sarah partiu para a França em 2018 para trabalhar com Yoann Bourgeois nas criações Celui qui Tombe e FugueVR, graças às quais se apresentou no Brasil, na Colômbia, na Tunísia, na Espanha e outros lugares. Em 2019, ela participou da criação do Requiem de Mozart apresentado durante as Nuits de Fourvière em Lyon e no La Seine Musicale em Paris. Ela é a assistente artística de Yoann Bourgeois para o projeto Passants.

Descubra a peça Celui qui tombe, de Yoann Bourgeois (2014): https://www.youtube.com/watch?v=n0zqQxz4DHs

publié le 16/06/2020

haut de la page