Espanha - Ataque em Barcelona

Declaração do Ministro da Europa e das Relações Exteriores, M. Jean-Yves Le Drian

Foi com profunda emoção que soube do ataque cometido em Barcelona e reivindicado pelo Estado Islâmico. Eu o condeno fortemente.

Vinte e seis franceses ficaram feridos, dos quais pelo menos onze, gravemente. Meus pensamentos vão para esses compatriotas e seus entes queridos, a quem expresso toda minha solidariedade neste momento doloroso.

Irei a Barcelona para visitar as vítimas francesas desse ato covarde e garantir o apoio da França ao povo e autoridades espanholas.

Desde o anúncio do ataque, solicitei a abertura de uma célula de crise ao Ministério da Europa e das Relações Exteriores, a fim de avaliar a segurança de nossos compatriotas e responder aos seus familiares. Nossos agentes se mobilizaram durante toda a noite e até agora já receberam mais de 3.200 ligações. A célula permanece aberta e as chamadas telefônicas serão mantidas.

Em Barcelona, ​​nosso Consulado-Geral, juntamente com as autoridades espanholas, estão se esforçando para prestar o apoio necessário aos franceses afetados por este ataque. Para os casos de urgência, solicitei que os profissionais de saúde fossem enviados ao local do atentado. Os primeiros chegam hoje para fornecer apoio psicológico e dar assitência às famílias das vítimas. Reforços adicionais estão previstos.

A segurança de nossos compatriotas o exterior é uma prioridade absoluta para a qual os agentes do Ministério e sua rede diplomática e consular francesas estão envolvidos diariamente. Agradeço a todos aqueles que se mobilizaram imediatamente e com dedicação em Barcelona, ​​Madri e Paris para ajudar as vítimas e suas famílias.

publié le 13/09/2017

haut de la page