LabCitoyen 2017 - Venha conhecer os brasileiros selecionados!

Venha conhecer... os candidatos selecionados para a edição 2017 do concurso LabCitoyen « Direitos humanos na cidade ».

Lab Citoyen é um programa do Instituto Francês que tem como objetivo a promoção dos direitos humanos e da francofonia. Na herança do Henri Lefebvre, esses três jovens brasileiros talentosos participam de uma reflexão sobre as necessidades antropológicas do ser humano em termos de urbanismo e participam do processo de afirmação do direito à cidade.

Eles viajarão à França, com cerca de cinquenta jovens cidadãos dos cinco continentes, comprometidos com os direitos humanos e com idade entre 20 e 26 anos, francófonos, para receber uma formação sobre este tema através de uma série de conferências e debates.

Parabéns à eles!

PNG

Estudante de Letras na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Raul Saborytta criou a associação “Frances na favela», na qual ele da aula de francês gratuitamente a jovens da favela Pedreira Prado Lopes. A ideia é de favorecer a inserção desses jovens na cidade, tanto social como geográfica. Conhecendo esse projeto pioneiro, o Centro de Idiomas da Faculdade onde o Raul estuda resolveu oferecer duas bolsas de estudo para os alunos mais motivados participando nesse projeto. Graças ao programa LabCitoyen, ele quer dar visibilidade ao seu projeto e reforçar as suas competências para melhorar a democratização do conhecimento e diminuir a segregação urbana.

PNG

Arquiteta e urbanista formada pela Universidade de Brasilia (UNB) em 2015, Júlia Solléro de Paula trabalha na Secretaria de Gestão do Territorio do DF, atuando na implantação de projetos voltados para a mobilidade urbana. Após um ano de estudos em Paris na École Nationale Superièure d’Architecture Paris-Malaquais (2013-2014), que mudou sua visão da vida urbana e onde ela descobriu a importância do direito à cidade, Júlia criou o Manual de Ocupação de Brasilia (MOB), e se associou em seguida com colegas para criar o projeto “Movimente e Ocupe seu Bairro” com o objetivo de reforçar a conexão dos cidadãos com o ambiente urbano e entre si mesmo. Ela gostaria de usar os conhecimentos dispensados no âmbito do LabCitoyen para o seu movimento e seu trabalho no governo.

JPEG

Lucas Golignac Lessa é estudante em Arquitetura e Urbanismo e pesquisador júnior no Laboratório de Estudos da Habitação da Universidade Federal do Ceara (LEHAB), que desenvolve pesquisas sobre o direito à habitação e se compromete em procedimentos de ordenamento urbano em Fortaleza. Comprometido com a luta contra as desigualdades sociais e a segregação urbana, ele participou da formação do Observatório de Remoções de Fortaleza. Ele atua também dentro da Frente de Luta por Moradia, articulação​ comprometida com os mecanismos de gestão participativa da cidade, e que realiza formações sobre ordenamento, e leis urbanas nas favelas. Seu objetivo atual e de trabalhar junto com uma comunidade organizada para criar um tipo de habitação alternativa baseada na autoconstrução.

publié le 08/05/2017

haut de la page