Minhas três propostas de ações para a Amazônia

Declaração oficial do Presidente da República Francesa, Emmanuel Macron

Nossa casa está pegando fogo. Literalmente. A Amazônia, pulmão do nosso planeta, que produz 20% do nosso oxigênio, está em chamas. É uma crise internacional. Nós, membros do G7, nos encontraremos dentro de dois dias para falar sobre esta situação urgente.

Esta catástrofe diz respeito ao mundo todo e à França, cuja maior fronteira encontra-se entre a Guiana e o Brasil.

Concretamente, no contexto da cúpula do G7, o que eu desejo é o seguinte:

1. Mobilizar os membros do G7 e de outros países, para arrecadar fundos afim de poder recuperar a floresta o mais rapidamente possível.

2. Desenvolver mecanismos de prevenção ainda mais poderosos contra esses incêndios.

3. Encontrar uma forma de boa governança. É preciso envolver ainda mais as ONGs e os povos indígenas. E é preciso pôr fim ao desmatamento em escala industrial.

Um ecocídio está acontecendo em toda a Amazônia, não apenas no Brasil.

Temos um encontro marcado amanhã, no G7 de Biarritz.

Emmanuel Macron

publié le 16/10/2019

haut de la page