O navio laboratório Tara, da fundação francesa Tara Océan, chega a Belém

A escuna Tara chega em Belém! O que é a Fundação Tara Océan? Foi criada na França em 2003, para estudar os efeitos da interferência do homem nos oceanos. Suas principais missões são explorar o mar para compreender suas possibilidades e limites e divulgar as descobertas científicas.

Como alcançar esses objetivos? O navio laboratório Tara viaja pelos mares e coleta dados sobre o mundo submarino, a fim de entender e prever as mudanças relacionadas aos riscos climáticos e ambientais, além dos impactos provocados por vários tipos de poluição.

Em dezembro de 2020, a escuna Tara deu início a uma viagem de 2 anos pela costa da América do Sul, atravessando em seguida o Atlântico até a África e dirigindo-se depois à Antártida. A bordo, uma equipe de cientistas de diversas nacionalidades, inclusive brasileiros, estudam o microbioma oceânico e as suas interações com o clima e os dejetos produzidos pelos homens.

Os microrganismos marinhos têm uma função essencial no mar e produzem mais de dois terços da biomassa marinha. Eles regulam a temperatura da terra e são fundamentais para a renovação dos ecossistemas.

O navio Tara está chegando a Belém e percorrerá a costa brasileira durante dois meses, com escalas em Salvador, Rio de Janeiro e Florianópolis, onde a tripulação poderá interagir com a população local.

Com o apoio da Embaixada da França, da Aliança francesa @afbelem e das autoridades locais, serão organizados encontros de cientistas com estudantes e também eventos abertos ao público, como palestras, filmes, exposições e visitas a bordo.

Para participar dos eventos em Belém, clique aqui.

JPEG - 268.8 KB
Chegada em Belém.
© MBardy / Fondation Tara Océan

publié le 17/09/2021

haut de la page