Programação de Cinema – Outubro 2018

Programação de Cinema – Outubro 2018
Cine Le Corbusier – Embaixada da França

O Cinema Francês em Brasília

Quarta-feira, 10 de outubro às 19h

JPEG

L’outsider (França – 2017)

De Christophe Barratier
Com Arthur Dupont, François-Xavier Demaison e Sabrina Ouazanimais.
Suspense.

Sinopse: Principal nome em uma das maiores fraudes bancárias da história mundial, Jérôme Kerviel, um jovem ainda comerciante, acabou por se tornar extremamente famoso após participar do escândalo na instituição financeira parisiense Société Générale. As atividades fraudulentas foram responsáveis por um enorme rombo na bolsa, em 2008, quando a crise mundial ainda engatinhava.

Quarta-feira, 17 de outubro às 19h

JPEG

Estoril (França – 2016)

De Laurent Teyssier
Com Incent Rottiers, Bernard Blancan, Tim Seyfi, Karim Leklou : Bruno e Gérard Meylan.
Ficção.

Sinopse: Philippe é um homem que precisa lidar com a fazenda de seu pai quando este tenta se matar. No entanto, o único modo de salvar as terras da família é unindo este mundo ao qual pertence ao outro no qual costuma caminhar: o mundo do tráfico de maconha. Philippe se associa a um grande traficante da região e, logo, as coisas começam a desandar.

Quarta-feira, 24 de outubro às 19h

Curtas

"A culpa é da foto” (DF – 2015)
De André Dusek, Eraldo Peres e Joédson Alves.Documentário. 15min.
Documentário

Sinopse: O curta-metragem resgata a história dos fotógrafos que protestaram contra a censura e a favor da liberdade de imprensa em Brasília, em pleno regime militar, ao serem proibidos de registrar e acompanhar as reuniões e atividades no gabinete presidencial, durante o governo do General João Baptista Figueiredo (1979-1985).

Indicados para a Academia de Hollywood durante o 21º Festival Internacional de Documentários

Recebeu o troféu Cinememória de melhor documentário durante o 5º Curta Brasília – Festival Internacional de Curta-metragem.

Capitão Brasil (SP – 2017)

Diretor: Felipe Arrojo Poroger 

Elenco: Antônio Haddad, Camila Mardila, Georgette Fadel, Helena Albergaria, Julia Ianina, Marat Descartes, Marcelo Moraes, Thomas Huszar, Vinícius de Oliveira.

Sinopse: Quando o caos toma conta das ruas, a vida de um garoto de dez anos começa a ruir. É no momento em que o desespero se assenta que o Capitão Brasil encontra espaço. Com Antônio Haddad, Camila Márdila, Georgette Fadel, Helena Albergária, Júlia Ianina, Marat Descartes, Marcelo Moraes, Thomas Huszar" 

Impeachment (ES – 2016)  
De Diego de Jesus
Documentário. 16 min.

Sinopse: Brasília, 1999. Um pedido de impeachment é protocolado pela oposição. Ela acusa o Presidente Fernando Henrique Cardoso de ter cometido crime de responsabilidade. Deputados leais ao governo afinam seus argumentos, enquanto a oposição promete não ceder. 

Índios no Poder (DF – 2015)
De Rodrigo Arajeju 
Documentário. 21min.
Com Ailton Krenak, Aurivan "Neguinho"Truká, Doéthiro Álvaro Tukano, Kaiowa, Ládio Veron Guarani e Kaiowa, Sonia Guajajara e Valdelice Veron Guarani. 
Duração: 21 min 

Sinopse: Mario Juruna, primeiro índio parlamentar na história do país, não consegue se reeleger para a Constituinte (1987/88). Sem representante no Congresso Nacional desde a redemocratização, as Nações Indígenas sofrem ataques da Bancada Ruralista aos seus direitos constitucionais. O cacique Ládio Veron, filho de liderança Kaiowa e Guarani executada na luta pela terra, lança candidatura a deputado federal nas Eleições 2014, sob ameaças do Agronegócio. Contra a PEC 215, seu slogan de campanha é "Terra, Vida, Justiça e Demarcação

Quarta-feira, 31 de outubro às 19h

JPEG

Carta de Amor à Zulu ( França – 2004)

De Ramadan Suleman
Com Nicolas Duvauchelle, Mélanie Thierry, Driss Ramdi, Maryne Cayon e Nicolas Bridet.
Ficção.

Sinopse: Em uma Joahannesbourg eufórica dois anos depois das primeiras eleições democráticas, Thandeka, uma jornalista negra de 30 anos, vive assombrada pelo passado de seu país ao ponto de não conseguir ir trabalhar e ir fracassando no relacionamento com a sua filha, Mangi, de 13 anos surda e muda. Até o dia em que uma senhora, Me’Tau, aparece no jornal. Dez anos antes, Thandeka testemunhou o assassinato de sua filha por uma equipe da polícia secreta. Me’Tau quer que Thandeka lhe ajude a achar os culpados e que dê o seu testemunho frente a Comissão da Verdade e Reconciliação, a fim de que os restos de sua filha possam ser encontrados e enterrados conforme a tradição. Mas o que essas mulheres ignoram é que os três assassinos continuam por perto. O que Me’Tau não sabe é que Thandeka já pagou por essa história, por ter ousado enfrentar a máquina branca do apartheid.

publié le 09/10/2018

haut de la page